segunda-feira, 30 de junho de 2008

Bosingwa e Pepe na selecção ideal

Os internacionais portugueses Bosingwa e Pepe foram os únicos futebolistas nacionais escolhidos pela Comissão Técnica da UEFA para integrar a selecção ideal dos 23 melhores jogadores do Euro 2008. Como destaque refira-se ainda que a campeã Espanha contribui com nove jogadores. Além destes, encontram-se ainda quatro jogadores da Rússia, três da Alemanha, dois da Holanda e um de Itália, Croácia e Turquia.

Eis a lista completa
Guarda-redes: Gianluigi Buffon (Itália), Iker Casillas (Espanha), Edwin van der Sar (Holanda).


Defesas: José Bosingwa (Portugal), Philipp Lahm (Alemanha), Carlos Marchena (Espanha), Pepe (Portugal), Carles Puyol (Espanha), Yuri Zhirkov (Rússia).


Médios: Hamit Altintop (Turquia), Luka Modric (Croácia), Marcos Senna (Espanha), Xavi Hernandez (Espanha), Konstantin Zyryanov (Rússia), Michael Ballack (Alemanha), Cesc Fabregas (Espanha), Andrés Iniesta (Espanha), Lukas Podolski (Alemanha), Wesley Sneijder (Holanda).

Avançados: Andrei Arshavin (Rússia), Roman Pavlyuchenko (Rússia), Fernando Torres (Espanha), David Villa (Espanha).

3 comentários:

Diogo Lopes disse...

O Deco merecia muito mais do que o Bosingwa...

Anónimo disse...

Concordo plenamente!

Anónimo disse...

O Deco merecia mas como houve tantas médios que fizeram um campanha muito positiva, daí não ter lugar nos 23 melhores da fase final do EURO 2008. O Zyryanov jogou bem, mas preferia que tivessem optado por outro médio da selecção russa, o Semak, que jogou todo o Euro a trinco apesar de exercer as funções de nº10 na equipa onde jogou esta última época futebolística.