segunda-feira, 16 de junho de 2008

FC Porto garantido na Liga dos Campeões

A UEFA revelou hoje que o FC Porto será admitido na próxima edição da Liga dos Campeões e que o caso já não irá à Comissão de Controlo e Disciplina do organismo antes do início da próxima edição, porque o Conselho de Justiça da Federação não vai decidir antes do início da competição. «O caso não será analisado pelo Conselho de Justiça da Federação portuguesa antes do início da Liga dos Campeões e, por isso, não será analisado pela Comissão de Controlo e Disciplina (antes do início da prova)», revelou um porta-voz da UEFA. Esta é uma medida preventiva da UEFA, uma vez que desta forma «evitam-se prejuízos irreversíveis para o FC Porto no caso de serem ilibados», acrescentou o mesmo responsável.
Desta forma, o FC Porto mantém-se autorizado a participar na próxima edição da Champions, com entrada directa na fase de grupos, enquanto o Vitória de Guimarães irá disputar a pré-eliminatória e o Benfica ‘regressa’ à Taça UEFA.

3 comentários:

Diogo Lopes disse...

Palhaçada...

João Ribas disse...

Exacto, agora mandem investigar a UEFA também.

O FC Porto vai jogar que lhe pertence, por direito próprio e pela sua valia indiscutivelmente mais elevada que qualuqer outro Clube em Portugal.

O Benfica seguirá o mesmo caminho, ou seja, deitar-se-á na cama que fez - 4º lugar na Liga Portuguesa. Sim, de facto eu corava de vergonha, se fosse Benfiquista...

Quanto ao resto não sei como ainda irá terminar tudo isto do Apito Final, mas ninguém duvide que ainda muita tinta vai correr e, quem sabe se finalmente decidem dar credibilidade a TODAS as Escutas que foram feitas. Se assim fôr, por mim finalmente poderá fazer-se Justiça, contudo se continuarem as desigualdades nas avaliações de todas as vergonhas que sempre assistimos em Portugal, então a Justiça estará sempre comprometida, como está a ser neste caso do Apito Dourado...

Saudações

Zanzi disse...

Nao ha duvidas que o Porto (equipa) merece ir à champions, e até é mt bom para portugal, pois é a equipa mais forte. Mas tambem é verdade q está declaração da Uefa é um pouco estranha, visto q sempre disseram q se tratava de um processo q se ia decidir com a maior celeridade... Andou-se a empurrar a decisao de um comité para outro e agora a justiça portuguesa, q toda a gente sabe como é, é q é o factor decisivo, pois ainda não esclareceu todos os pormenores, o q levou a uefa a "adiar" a decisao para a prox epoca..

Justo para o Porto "Equipa", injusto para o Porto "direcção", que cometeu corrupção e não é castigado. Se fosse em Itália...