sexta-feira, 11 de julho de 2008

Quique Flores promete equipa competitiva

O treinador dos encarnados concedeu hoje uma entrevista à TVI, onde esclareceu todas as questões que marcam a actualidade benfiquista. Assegurando que encontrou "o Benfica que esperava", Quique Flores prometeu uma equipa competitiva, capaz de lutar de igual para igual com o campeão FC Porto. Confrontado com a notícia que o Correio da Manhã avançou hoje, o técnico espanhol desmentiu qualquer problema com Rui Costa e Luis Filipe Vieira, sublinhando ter uma relação "muito boa" com os dois. A polémica em redor das funções de Chalana e Diamantino dentro da equipa técnica foi igualmente negada: "Temos muitas atribuições para Chalana e Diamantino, como a organização de campo ou o conhecimento do futebol português. Para mim todos são importantes".

No que diz respeito a jogadores, Quique mostrou-se surpreendido com as notícias que davam conta da dispensa do capitão Nuno Gomes: "Foi uma surpresa quando ouvi. Nunca colocámos o nome de Nuno Gomes na lista de transferências. Sempre contámos com ele." Quanto a Pablo Aimar, o treinador espanhol diz que o argentino "é o reforço que está mais perto de assinar", referindo que Rui Costa está a fazer "um esforço importante". Questionado sobre os jogadores a dispensar, Quique afirmou que ainda é cedo para tomar decisões: "Ainda é cedo. Quero poder vê-los a todos e vamos decidir quem sai dentro de algumas semanas". O novo timoneiro das águias mostrou-se plenamente à vontade perante as câmaras, e garantiu a Manuela Moura Guedes que dançará Sevilhanas e Flamenco se o Benfica vencer o campeonato...

1 comentário:

Diogo Lopes disse...

Se o Aimar vier para o Benfica (já não falo do Luis Garcia) tenho que admitir que se reforçaram bem e que têm condições para lutar pelo titulo.