sábado, 16 de agosto de 2008

Benfica em bom plano frente ao Inter de Mourinho

Os encarnados perderam a primeira edição da Eusébio Cup, frente ao poderoso Inter de Milão. No final dos 90m registou-se o empate a zero, pelo que foi necessário recorrer à marcação das grandes penalidades para decidir o vencedor. Nélson e Fellipe Bastos falharam para o clube da Luz, enquanto que o craque sueco Zlatan Ibrahimovic desperdiçou para os nerazurri. Cambiasso foi o autor do penalty decisivo, que colocou o resultado em 4-5 e deu a 1ª Eusébio Cup a José Mourinho.

O Benfica alinhou de ínicio com Quim, Maxi Pereira, Katsouranis, Luisão e Léo, Yebda, Ruben Amorim, Carlos Martins e Urreta, Aimar e Cardozo. "Il Speciale" apostou em Júlio César, Maicon, Burdisso, Cambiasso e Maxwell, Stankovic, Muntari, Zanetti, Figo, Mancini e Ibrahimovic. Foi uma partida bem disputada, com oportunidades de golo claras para ambas as equipas. Figo teve o golo nos pés em três ocasiões, Ibrahimovic em duas, mas Quim manteve a baliza inviolável. Do lado das "águias", Cardozo atirou ao poste, depois de uma excelente jogada do ataque encarnado. Carlos Martins, Ruben Amorim e Reyes também estiveram perto de facturar. Depois das melhorias evidenciadas na partida contra o Feyenoord, o Benfica de Quique Flores começa a mostrar credenciais para lutar ombro a ombro com Porto e Sporting na luta pelo campeonato.


O treinador espanhol salienta a evolução da sua equipa: «Estamos muito competitivos e somos uma equipa agressiva que já me dá boas sensações». Quanto a José Mourinho (que vai disputar no próximo fim-de-semana a Supertaça de Itália), elogiou o "novo Benfica", com destaque para Yebda: «Foi um bom jogo, tanto para nós como para eles. O Benfica tem uma equipa muito organizada, o Yebda é um jogador que defende e pressiona bem, e toda a equipa mostrou solidez». O "King" não escondeu a sua emoção pela homenagem que o Benfica lhe prestou, e deseja que próxima edição conte com mais equipas: «É um dia que não vou esquecer, já que é o primeiro troféu em que sou homenageado pelo Benfica. Espero que haja mais equipas para o ano». O árbitro da partida, Bruno Paixão, teve uma fraca prestação, tomando várias decisões erradas e apitando demasiadas faltas, que prejudicaram o espectáculo e deram aso a algumas picardias entre jogadores.

1 comentário:

Gipsypunk disse...

o Benfica fon-fon-fon