quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Há leões!

Um golo de Liedson, que assim se tornou o melhor marcador leonino de sempre nas competições europeias, permitiu hoje ao Sporting ganhar em Donetsk ao Shakhtar para a Liga dos Campeões, abrindo excelentes possibilidades de passagem aos oitavos-de-final.
A um quarto de hora do fim, o "levezinho" foi genialmente assistido por Derlei, de calcanhar, para fazer o único golo da noite na Ucrânia, que coloca o Sporting com seis pontos em três jornadas, isolado no segundo lugar do grupo, logo atrás do Barcelona, que já soma nove.
A 4 de Novembro o Sporting recebe o Shakhtar e logo aí pode garantir a passagem à ronda seguinte, acompanhando o clube catalão, grande dominador do grupo - hoje, goleou na Suíça o Basileia, por 5-0.
Para o resultado positivo em Donetsk muito contribuiu o acerto defensivo do Sporting, aguentando o mais forte pendor ofensivo do Shakhtar.
Jadson, logo no primeiro minuto, e Srna, aos oito, davam o mote ofensivo da equipa da casa, mas sempre com os leões a responderem com toda a calma.
Na primeira parte o melhor que o Sporting conseguiu foi um remate perigoso de Rochemback (12), de livre, que passou perto da baliza do Shakhtar.
O equilíbrio e a disputa a meio-campo, mas sem lances de real perigo, caracterizaram os minutos que faltavam até ao final da primeira parte.
Na segunda parte, Moreno quase deu vantagem ao Shakhtar, com cabeceamento ao lado, aos 47 minutos - a melhor oportunidade do encontro, até ao momento.
A primeira grande ocasião dos "leões" apareceu volvidos cinco minutos, com Liedson já dar indicação de que queria mesmo "facturar", mas a tendência até ao meio da segunda parte era mesmo para o Shakhtar: Aos 54 minutos Rui Patrício negava o golo a Jadson e aos 58, Moreno chegava ligeiramente atrasado à bola de Srna.
Aos 76 minutos, tudo se resolveu a contento do Sporting, num lance de bola parada, que contou com a criatividade de Derlei e o óptimo posicionamento de Liedson.
O lance é todo ele brasileiro: o livre é cobrado por Rochemback, depois Derlei trabalha a bola junto ao poste e serve o "levezinho", para um histórico 19º golo nas competições europeias de clubes.
Para o Shakhtar, foi o KO, puro e simples. Não mais conseguiu criar perigo real para a baliza à guarda de Rui Patrício.
O Sporting, muito calmo, controlou o resultado e os preciosos três pontos, que tudo aponta serão decisivos para o apuramento do vice-campeão português.

Resultados da noite:

GRUPO A
Bordéus-Cluj, 1-0
Chelsea-AS Roma, 1-0
GRUPO B
Inter de Milão-Anorthosis, 1-0
Panathinaikos-Werder Bremen, 2-2
GRUPO C
Shakhtar-Sporting, 0-1
Basileia-Barcelona, 0-5
GRUPO D
At. Madrid-Liverpool, 1-1
PSV Eindhoven-Marselha, 2-0

6 comentários:

Tugameister disse...

Grande resultado para o Sporting e para o futebol português!! Ao contrario do que era previsivel, o Porto perdeu com o Kiev, mas o Sporting trouxe 3 preciosos pontos!

Hoje é a vez do Braga e Benfica, e esperemos que haja mais vitórias!!

Pena é que ainda há malta facciosa que sofre de clubite aguda, que prefere que os outros clubes portugueses percam.... Meus amigos, esse pensamento é retrógado! Basta pensar no ranking, e no quanto o Porto ajudar Benfica e Sporting nos ultimos anos. Força Braga e Benfica!

E nao me adormeçam...

o faxioso disse...

São quantas bolas de Berlim?

Tugameister disse...

Olha um dos tais!! Fica-te mal falar assim pa.. Ainda se falasses nas Francesinhas que vais papar na Taça ;)

Tugameister disse...

Olha um dos tais!! Fica-te mal falar assim pa.. Ainda se falasses nas Francesinhas que vais papar na Taça ;)

pantelic do lumiar disse...

Isso é só lá pra 9 de Novembro...agora não me atrapalhes que eu estou para atarefado a dividir bolas de Berlim. O sistema é simples: Hertha é para mim, Hertha é para ti, Hertha é para mim, Hertha é para ti...não custa nada!

Miguel Barros disse...

Excelente vitória do SCP. Foram verdadeiros leões na Ucrânia. Penso que depois desta vitória só uma cátastrofe impedirá o SCP de fazer história... ou seja, passar à fase seguinte da Champions.