sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Taça UEFA: Imperou a lógica

O Benfica e o Sporting de Braga foram as únicas de cinco equipas portuguesas a garantir quinta-feira a presença na fase de grupos da Taça UEFA, cuja primeira eliminatória ditou a demissão de José Peseiro.
Num dia em que Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães e Marítimo foram eliminados, o treinador português deixou o comando técnico do Rapid Bucareste, que empatou em casa com os alemães do Wolfsburgo (1-1) e foi afastado.
Esta será a segunda vez que Portugal terá duas equipas na fase de grupos da Taça UEFA, depois de Benfica e Sporting terem chegado a esta fase em 2004/05, época de estreia do novo modelo, em que os "leões" chegaram à final, que perderam frente ao CSKA de Moscovo.
A derrota por um golo em Nápoles deixava boas perspectivas ao Benfica, mas os "encarnados" só respiraram de alívios aos 83 minutos, quando o capitão Nuno Gomes fez o segundo golo do encontro, depois do espanhol José António Reyes ter inaugurado o marcador aos 57.
O Benfica quebrou a tradição de não afastar equipas italianas, algo que tinha conseguido pela última vez há 23 anos frente à Sampdoria (2-0 em casa e 0-1 fora), na segunda eliminatória da extinta Taça das Taças.
Tranquila foi a viagem do Sporting de Braga até à Eslováquia, onde confirmou a terceira presença consecutiva na fase de grupos da segunda prova de clubes da UEFA.
Depois de terem goleado em casa o Artmedia, por 4-0, os "arsenalistas" tinham praticamente garantido o apuramento, que foi confirmado com uma vitória, por 2-0, com dois golos do uruguaio Luís Aguiar, aos 11 minutos, na marcação de uma grande penalidade, e aos 31.
O Vitória de Guimarães chegava à segunda mão necessitado de dar a volta a uma derrota de 2-0 em Inglaterra, e até conseguiu empatar ainda na primeira parte, graças aos golos de Douglas, aos 19 minutos, e de João Alves, aos 32.
Contudo, no prolongamento e numa altura em que o Vitória de Guimarães demonstrava pouca frescura física, o "gigante" Peter Crouch acabou com o sonho vimaranense, ao marcar por duas vezes, aos 105 e aos 111 minutos e carimbando a passagem do Portsmouth.
O Marítimo, que tinha perdido em casa (0-1), ainda silenciou o Estádio Mestalla, com um golo de Marcinho, aos 41 minutos, mas a lógica acabou por imperar, com o Valência a dar a volta ao marcador, com golos de Del Horno, aos 78, e David Villa, aos 94, na marcação de uma grande penalidade.
O treinador do Valência, Unay Emery, apostou nos portugueses Hugo Viana, que se estreou esta temporada, e Manuel Fernandes e deixou alguns dos principais nomes da equipa no banco, mas acabou por ter de chamar ao jogo Albelda, Villa e Mata para garantir a vitória.
A boa exibição, apesar do empate caseiro com o Heerenveen (1-1), deixava alguma esperança de qualificação ao Vitória de Setúbal, mas uma primeira parte desastrosa terminou com os sonhos sadinos.
Aos 24 minutos, o conjunto holandês já vencia por 3-0, com golos de Paulo Henrique (12 minutos) e Gerald Sibon (13 e 24), tendo Tarik El-Younoussi (50) aumentado ainda mais a vantagem do Heerenveen.
Dois golos em seis minutos, apontados Bruno Gama (57 minutos) e Ricardo Chaves (63), reacenderam ligeiramente a chama do Vitória de Setúbal, que se extinguiu completamente aos 68 minutos, graças ao segundo golo de El-Younoussi.
O sorteio da fase de grupos está marcado para a próxima terça-feira às 11h.


4 comentários:

Tugameister disse...

Guimaraes e Maritimo mereciam melhor sorte.. o setubal é uma vergonha!

vai-lá-vai disse...

Setúbal vergonha? Tu não bebes mais ó tugamister...Se calhar eram favoritos, não? É que o Herenveen é um Setúbal da Holanda, mas digamos que com um bocadinho mais de orçamento...
A única equipa portuguesa de que era de esperar um pouco mais era o Nápoles, mas paciência, o futebol tem destas coisas...

Tugameister disse...

LOLOOL o Setubal tem uma equipa mt melhor que o Heerenveen, de longe!!! O Heerenveen é uma bela m****! Ja deves ter cerebro frito ó choco.... O setubal é a equipa B do FCP, tem jogadores experientes, que ja jogaram na uefa, e leva 5 do Heerenveen??? Ainda se la estivesse ainda o Afonso Alves... Ainda por cima és faccioso, anti-benfiquista lol Pseudo-adeptos como tu deviam mas era ficar caladinhos.. Eu, por dizer q o Setubal foi uma vergonha, nao tou a dizer q nao estava a apoia-los!!!

vai-lá-vai disse...

Eu sei mt bem quem tu és ó tugameister, não penses que me enrolaste no chat...atão dizias que eras tripeiro...Por acaso não tens o mesmo apelido do Pres. do Sindicato de jogadores?