segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Marta: Uma verdadeira “Pelé de Saias”!

Nos últimos tempos muito se tem falado acerca dos candidatos ao prémio FIFA WORLD PLAYER OF THE YEAR 2008, nomeadamente sobre Cristiano Ronaldo. É do conhecimento geral a brilhante carreira do português que aos 23 anos está prestes a “dominar” o mundo. Todos conhecemos ao pormenor os seus feitos e admirámos o seu trabalho. O que pouca gente sabe é que, no sector feminino, concorrendo ao mesmo prémio se encontra uma Mulher com um palmarés deveras invejável e equiparável ao de CR7.
Marta Vieira da Silva. Este é o nome da mulher que com apenas 22 anos já faz parte da História do Futebol Mundial.
Esta jovem que, iniciou a sua carreira como profissional em 2002 ao serviço do Santa Cruz (onde jogou até 2004, altura em que se transferiu para o seu actual clube - o Umea IK), venceu já por duas vezes consecutivas o prémio de melhor jogadora de futebol feminino do mundo atribuído pela FIFA (em 2006 e 2007), estando novamente entre o lote de nomeadas este ano. Para além destes troféus, conta ainda, a nível individual, com duas Bolas de Ouro conseguidas uma no Mundial de sub-20 em 2004 e outra no Mundial de Futebol Feminino de 2007. Este último foi sem dúvida um dos Campeonatos do Mundo mais marcantes quer para a jogadora quer para a História do Futebol a nível global. A 27 de Setembro de 2007, na meia-final disputada entre as Selecções do Brasil e dos Estados Unidos, esta brilhante futebolista marcou o golo mais belo da competição (e, para alguns, de toda a história do torneio). Este golo colocou o Brasil pela primeira vez na final de um Mundial e, contribuiu para que Marta trouxesse para casa a Bota de Ouro, em virtude de ter sido a melhor marcadora do torneio com 7 golos.
Ainda nesse ano, teve um desempenho estrondoso nos jogos Pan-Americanos, que lhe valeu o apelido de “Pelé de saias” atribuído pelo próprio “Rei”. A futebolista, uma das grandes embaixadoras do Futebol feminino, emocionou-se quando descobriu que o maior futebolista de todos os tempos tinha acompanhado os encontros disputados pela Canarinha. Este facto, veio provar-lhe que os seus apelos para dinamizar o futebol feminino não passam despercebidos e o seu esforço começa a dar frutos.
Marta tem procurado divulgar o papel da mulher no futebol, lutando pela obtenção de apoios. Esse esforço é de louvar, mas insuficiente devido à constante ignorância da imprensa em relação ao Futebol Feminino.
Ao seu palmarés verdadeiramente impressionante resta apenas acrescentar que a “Pelé de saias” foi a primeira, e até agora, única mulher a deixar a marca dos seus pés na calçada da Fama do Maracanã.
Muito havia ainda para escrever sobre esta fantástica jogadora, que combina técnica, com velocidade e inteligência em campo, para além do seu espírito de luta e coragem. Sim, porque para uma mulher singrar no Futebol é preciso muita coragem e força de vontade: é necessário acreditar no sucesso constantemente, mesmo quando todos dizem que não é possível.
Num tempo em que todos acreditámos na igualdade de oportunidades entre sexos, e em que os Media enchem páginas e páginas a proclamar essa mesma igualdade seria louvável que essa mesma imprensa despertasse para a igualdade de sexos no desporto. Seria realmente louvável passarem das palavras aos actos e dar crédito e valor ao Futebol no FEMININO!

2 comentários:

Sónia Matias disse...

Esta Marta é mesmo uma grande craque!

Anónimo disse...

grande crake esta miuda...força ao futebol feminino.