sexta-feira, 13 de março de 2009

Braga de Jesus cumpriu na 'cidade luz'

Personalidade na primeira parte, fortuna na segunda. Com estes argumentos o Sp. Braga saiu de Paris sem estragos e leva percorrido metade do caminho rumo aos quartos-de-final da Taça UEFA. Onde, pelo que ontem se pôde ver, é de facto possível chegar. Têm motivos de sobra para sonhar, os adeptos do clube minhoto. Até porque o Braga não fez um grande jogo. Foi antes uma equipa prudente e conservadora, bem ciente de que estava a jogar frente a um histórico do futebol francês. E nestas fases das competições europeias, o peso das camisolas, a matreirice, numa palavra, a experiência, são factores que contam e muito. Além do mais, este PSG tem pouco a ver com a equipa que na época passada agonizava nos fundos da tabela da Liga gaulesa. Agora segue de cabeça erguida na vice-liderança, a um ponto do inamovível Lyon.
A primeira parte foi o melhor período do Braga. Nessa fase não consentiu espaços ao adversário, manteve-o longe da baliza de Eduardo. E até podia ter marcado, quando Rentería se isolou.
A segunda metade foi mais complicada. O PSG acelerou, cresceu, Rothen atirou uma bola ao poste e Eduardo teve muito mais trabalho. Mais do que os franceses, o tempo também correu e o 0-0 manteve-se. Em Braga terá de haver golos.
Resultados:
W. Bremen-St. Etiènne, 1-0
Marselha-Ajax, 2-1
Dínamo Kiev-Metalist, 1-0
CSKA Moscovo-Shakhtar, 1-0
Hamburgo-Galatasaray, 1-1
PSG-SP. BRAGA, 0-0
Udinese-Zenit, 2-0
Man. City-Aalborg, 2-0

Os jogos da 2.ª mão realizam-se nos dias 18 e 19 de Março.

1 comentário:

Guerreiro do Minho disse...

BRAAAAAGGGGGGAAAAAAAAA! temos uma grande equipa e um grande treinador! deixem-o ir ao cabeleireiro do Veloso e pro ano ta no SCP:D