sábado, 6 de junho de 2009

Milagre na Albânia mantém Portugal na corrida

Um golo de Bruno Alves em tempo de compensação selou a vitória da Selecção Nacional frente à Albânia, em Tirana. Portugal voltou a jogar mal, e a decisão de Carlos Queiroz em colocar Boa Morte de início revelou-se desajustada. Cristiano Ronaldo foi o jogador mais esclarecido, numa partida em que os jogadores lusos estiveram, mais uma vez, desinspirados. Hugo Almeida inaugurou o marcador aos 27', mas no minuto seguinte Bogdani empatou a partida. O milagre aconteceu aos 93', num cabeceamento de Bruno Alves depois de uma saída mal calculada do guardião albanês. Esta vitória coloca Portugal no terceiro lugar do grupo 1, com 9 pontos em 6 jogos. Na segunda posição está a Hungria (13 pontos em 6 jogos), nação que Portugal terá de vencer nos dois jogos que irá disputar com a selecção magiar. A Dinamarca, depois de vencer esta noite a Suécia, tem praticamente assegurado o primeiro lugar do grupo.

Resultados e marcadores/Apuramento Mundial 2010:

Suécia-Dinamarca, 0-1
(Kahlenberg 24')
Albânia-Portugal, 1-2
(Bogdani 29'; Hugo Almeida 27' e Bruno Alves 90'+3)
Eslováquia-San Marino, 7-0
(Marek Cech 3', 32', Peter Pekarik 12', Miroslav Stoch 35', Jan Kozak 42', Martin Jakubko 63', Lubos Hanzel 68')
Azerbaijão-País de Gales, 0-1
(Edwards 11')
Finlândia-Liechtenstein, 2-1
(Mikael Forssell 33', Johansson 71'; Mario Frick 13')
Cazaquistão-Inglaterra, 0-4
(Barry 39', Heskey 45'+1, Rooney 72', Lampard 77' g.p.)
Bielorrússia-Andorra, 5-1
(Blizniuk 2', Kalachyov 44', Kornilenko 50', 65', Blizniuk 76'; Sola 90'+1)
Croácia-Ucrânia, 2-2
(Petric 2 e Modric 68'; Shevchenko 14' e Gai 54')
Lituânia-Roménia, 0-1
(Marica 38')
Sérvia-Áustria, 1-0
(Milijas 7' g.p.)
Bulgária-Irlanda, 1-1
(Telkisky 29';Richard Dunne 24')
Chipre-Montenegro, 2-2
(Konstantinou 13', Michail 45'g.p.; Damjanovic 65' e 77')
Macedónia-Noruega, 0-0
Islândia-Holanda, 1-2
(Sigurdsson 88'; De Jong 9' e Van Bommel 16')
Uzbequistão-Japão, 0-1
(Okazaki 9')
Qatar-Austrália, 0-0
Coreia do Norte-Irão, 0-0
Emirados Árabes Unidos-Coreia do Sul, 0-2

(Chu Young Park 5', Sung Yueng Ki 37')
Gabão-Togo, 3-0
(Ecuelle 11', Meye 56', Brou 83')
Tunísia-Moçambique, 2-0
(Ben Yahia 21' g.p. e Darragi 90')
Zâmbia-Ruanda, 1-0
(Kalaba 79')
Malawi-Burkina Faso, 0-1
(Dagano 69')
Uruguai-Brasil, 0-4
(Daniel Alves 12', Juan 36', Luis Fabiano 52' e Kaká 75' g.p.)

3 comentários:

Anónimo disse...

o Maxi Pereira já se dá bem com o futuro colega Ramires! Pontapeou-o e foi expulso loooooooooool

Timoteo disse...

Portugal e o seu treinador "burro" têm uma sorte... Mas ainda bem, mantem-se a esperança de chegar ao mundial!

Refutador disse...

Selecção mediana, sem ideias, sem fio de jogo, sem identidade.

Se o nível de jogo não é condizente com o estatuto da selecção portuguesa, as opções inicais do Carlos Queiroz são, no mínimo, rísiveis. Eduardo na baliza, Pepe a trinco, Moutinho e Simão no banco, Ricardo, Quim, Paulo Ferreira, Pedro Mendes, Nuno Gomes e Postiga fora da convocatória, Boa Morte a titular, etc. Enfim, experiências a mais num conjunto com pouca estabilidade e consistência.

Vai ser preciso um pequeno milagre para marcarmos presença no Mundial da África do Sul.´

Saudações desportivas.