sexta-feira, 28 de junho de 2013

VÍDEO: Neymar 'vira' personagem de Street Fighter

Neymar acabou de ficar imortalizado no popular videojogo Street Fighter 2, na sequência do seu 'mergulho' no jogo da passada 4ª feira entre o Brasil e o Uruguai, que os 'canarinhos' venceram por 2-1.
O agora jogador do Barcelona simulou uma falta na partida cujo desfecho favorável acabaria por permitir à seleção orientada por Scolari de chegar à final da Taça das Confederações, e foi alvo de muita sátira, sendo uma das mais visíveis a atribuição de um 'lugar' no jogo Street Fighter 2.

Verdadeiramente hilariante:

Nolito vendido ao Celta de Vigo

Nolito, extremo do Benfica contratado ao Barcelona B há duas épocas, foi vendido ao Celta de Vigo. O jogador, que já na temporada passada tinha sido emprestado ao Granada, parece não entrar definitivamente nos planos de Jorge Jesus, pelo que desta vez os 'encarnados' acabaram por se decidir pela transferência definitiva do jogador de 26 anos. O Celta de Vigo, que garantiu a manutenção na liga espanhola na última jornada adquiriu 50% do passe do jogador espanhol por 2,6 milhões de euros, sendo que o restante continua a pertencer ao clube da Luz, que poderá realizar um encaixe significativo com a sua venda, uma vez que o jogador chegou ao Benfica a custo zero.

Edição de Julho - Já nas bancas!



quinta-feira, 27 de junho de 2013

VÍDEO: 'Show' de Bruma arrasa Cuba

Portugal está apurado para os oitavos-de-final do Mundial de Sub-20. A equipa portuguesa derrotou esta tarde a seleção cubana por 5-0, numa partida em que bastava o empate para seguir em frente. Contudo, a equipa comandada por Edgar Borges não esteve pelos ajustes e, inspirada por um diabólico Bruma, não deu a minima hipótese ao seu adversário. O extremo do Sporting foi o autor de dois golos (os outros pertenceram a Aladje, Ricardo e Tozé), mas além dos tentos apontados, destacou-se ainda pelas assistências, pelos remates perigosos e pelas muitas 'maldades' feitas aos adversários.

Veja aqui o resumo do encontro:

Taça de Honra da AF Lisboa: Benfica vs Sporting dia 20 de Julho


A Taça de Honra da AF Lisboa, que teve a sua última edição na época 1993/94, vai voltar a ser disputada pelos quatro melhores classificados, entre Benfica, Sporting, Estoril, Belenenses e Atlético.

A 99ª edição desta competição, vai decorrer entre os dias 20 e 21 de Julho no estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

No dia 20 de Julho, às 18h30, com transmissão televisiva na RTP Informação, defrontam-se Estoril vs Belenenses. O derby, Benfica vs Sporting, está marcado para as 21h30, com transmissão televisiva na RTP1.

No dia 21 de Julho, pelas 18h30 (RTP Informação) será o jogo de atribuição do 3º e 4º lugar, com os clubes derrotados no dia anterior. Às 21h30 (RTP1), realiza-se a final.

Ainda há alguma incerteza nestas datas, devido ao facto, do estágio dos leões decorrer entre os dias 15 e 22 de Julho, no Canadá.





quarta-feira, 26 de junho de 2013

'Carlitos' Tévez reforça Juventus

Carlos Tévez vai mudar-se para Itália. A Juventus já chegou a acordo com o Manchester City para a transferência do avançado de 29 anos, sendo que 'Carlitos' é esperado hoje mesmo em Turim para realizar os habituais exames médicos.
De acordo com a imprensa italiana, os 'citizens' pediram inicialmente 20 milhões de euros pelo passe do internacional argentino, mas o negócio acabou por se realizar por uma verba a rondar os 16 milhões.
'El apache' tinha contrato por mais um ano com o clube de Manchester, onde estava desde 20009, e irá partir para o seu quarto clube na Europa, depois de já ter representado West Ham, Manchester United e Manchester City. Tévez irá assinar um contrato válido para as próximas três temporadas onde irá receber um salário na ordem dos 5 milhões de euros por época.

terça-feira, 25 de junho de 2013

OFICIAL: Ancelotti no Real Madrid... Blanc no PSG

Está confirmado! Carlo Ancelotti vai ser o treinador do Real Madrid. O técnico italiano, de 50 anos, assinou um contrato de três temporadas com os 'merengues', sendo que o acordo já foi confirmado na página oficial do clube. Segundo a imprensa espanhola, o Real terá pago cerca de 4 milhões de euros para que o Paris Saint Germain libertasse o seu técnico, sendo que o substituto de José Mourinho será apresentado oficialmente amanhã no Santiago Bernabéu.
Ancelotti, a quem Florentino Pérez se dirigiu ontem como «o meu treinador», recorde-se, tem no seu currículo 2 Ligas dos Campeões, 2 Supertaças europeias, 1 Mundial de Clubes , 3 Ligas (em Itália, Inglaterra e França), entre outros títulos.
E praticamente ao mesmo tempo, também através de um comunicado no seu site oficial, o PSG confirmou Laurent Blanc à frente dos destinos do clube gaulês. O técnico, de 47 anos, que já venceu uma liga francesa ao serviço do Bordéus, uma Taça da Liga e duas Supertaças, trabalhou pela última vez na seleção de França, assinou um contrato válido para as próximas duas temporadas. Ainda sem data oficial de apresentação, é já sabido que irá assumir a equipa já no próximo dia 1 de julho, dia em que se inicia a nova temporada do atual campeão francês.


Cavani certo no Chelsea

Edinson Cavani vai ser jogador do Chelsea na próxima temporada. Quem o garante é a imprensa italiana, que revela que o Nápoles e o clube orientado agora por José Mourinho já chegaram a acordo para a transferência do avançado uruguaio que está neste momento no Brasil, em representação da sua seleção na Taça das Confederações. De acordo com a mesma fonte, para Cavani se mudar do San Paolo para  Stamford Bridge, os 'blues' irão desembolsar qualquer coisa como 58 milhões de euros, com o 'matador' de 26 anos a receber um salário próximo dos 10 milhões de euros anuais.

Mundial Sub-20: Portugal a um empate do apuramento

A seleção nacional de Sub-20 está a um empate de alcançar os oitavos de final do Campeonato do Mundo. Portugal empatou ontem frente à Coreia do Sul, numa partida em que até esteve em vantagem por duas vezes. Aladje inaugurou o marcador logo à passagem do minuto 3, e a partir daí controlou o jogo, ainda que num ritmo muito pausado. As situações de golo eram escassas para ambos os lados, mas mesmo em cima do intervalo a equipa portuguesa sofreu o empate, por intermédio de Ryu, num lance em que a defesa voltou a facilitar. O resultado sabia a injustiça, mas ao minuto 60 Bruma assinou o terceiro golo na competição e devolveu a liderança na partida e no grupo a Portugal. Um resultado que garantia desde já o apuramento à fase seguinte, mas a verdade é que os sul-coreanos não baixaram os braços e à entrada para o último quarto de hora voltaram a estabelecer a igualdade por Kim Hyun.Na quinta feira segue-se o jogo decisivo, desta feita frente a Cuba, onde Portugal 'apenas' terá de conseguir uma igualdade.

Veja aqui os principais momentos do jogo:

segunda-feira, 24 de junho de 2013

VÍDEO: Um penalti do outro mundo....

O nome de Luís Boa Morte, esse mesmo, jogador internacional português que passou pelo Sporting e fez grande parte da sua carreira em Inglaterra, está a correr mundo.
E tudo porque o médio esquerdo participou num jogo solidário disputado entre o Deportivo Anzoátegui e a equipa da Fundação Luís Figo, na Venezuela, e apontou um golo, de grande penalidade, que está a dar que falar, tendo em conta o brilhantismo do mesmo.

Ora veja e comprove:

Manchester United 'dá' Rooney para ter Ronaldo

O Manchester United continua bastante interessado em fazer regressar Cristiano Ronaldo a Old Trafford e para tal, não parece olhar a meios para atingir os fins. Segundo a imprensa inglesa, o clube de Manchester está inclusivamente na disposição de 'abdicar' de Wayne Rooney para o Real Madrid, um jogador que é bastante apreciado na capital espanhola, e que tem em Carlo Ancelotti, o mais que provável treinador dos 'merengues', um acérrimo defensor, tendo como contrapartida a libertação do internacional português.
Contudo, é quase certo que além do avançado inglês, os 'red devils' teriam também de libertar uma quantia em dinheiro (o negócio está avaliado em mais de 100 milhões de euros, pelo que o clube inglês teria de desembolsar perto de 70 milhões - descontando o valor do passe de Rooney), mas isso parece não ser problema para fazer regressar o 'filho pródigo' a casa. Além disso, o 'ManU vê também com bons olhos a saída do seu avançado, uma vez que já por diversas vezes o mesmo manifestou interesse em deixar o 'Teatro dos Sonhos', sendo que a concretizar-se a sua ida para Espanha, tal seria também uma forma de evitar que este viesse a reforçar um dos seus mais diretos rivais, uma vez que o Chelsea é cada vez mais associado ao seu nome.
De resto, as movimentações para que o negócio fique concluído parecem tão avançadas que, de acordo com a mesma fonte, o número 7, que tem sido utilizado por Antonio Valência, está novamente disponível, pois o clube pediu para que se deixassem de imprimir camisolas com o nome do internacional equatoriano com o '7' nas costas. Coincidência? O futuro o dirá.


sexta-feira, 21 de junho de 2013

VÍDEO: Um 'míssil' de Forlán

É certo que a vitória esmagadora da Espanha sobre o Taiti centrou todas as atenções da Taça das Confederações, mas no outro jogo do dia, entre Uruguai e Nigéria, houve igualmente momentos que vão ficar para a história da competição. Sobretudo o golo do veterano Diego Forlán, que não só deu a vitória à seleção 'charrúa' (2-1), como colocou o mítico avançado novamente como o melhor goleador da história do Uruguai, no dia em que completou a sua 100ª internacionalização. Aos 34 anos, Diego Forlán contabiliza agora 34 tentos, mais um do que Luís Suárez. Mas este ficará certamente na galeria dos melhores que já apontou.

Veja e reveja:

NIG 1-2 URU por fgoal

Real Madrid avança por Isco

O Real Madrid está cada vez mais próximo de assegurar a contratação de Isco, jovem médio do Málaga. De acordo com a imprensa espanhola, os 'merengues' irão ter durante o dia de hoje uma reunião para acertarem a transferência já a partir da próxima temporada.
O jogador de 21 anos está a ser igualmente muito cobiçado em Inglaterra, sobretudo pelo Manchester City, para onde rumou o seu antigo treinador Manuel Pellegrini, o escolhido para suceder a Roberto Mancini, mas o mais provável é então que o internacional Sub-21 permaneça em Espanha, mas desta feita, a representar o Real Madrid.
Refira-se ainda que a cláusula de rescisão do '22' do Malaga é de 35 milhões de euros, mas as mesmas fontes adiantam que é possível o jogador ser negociado por um valor inferior.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Espanha aplica 'chapa 10' ao Taiti


A Espanha bateu o Taiti por expressivos 10-0, naquele que foi o resultado mais desnivelado da história da Taça de Confederações. Del Bosque operou uma mudança radical no 'onze', deixando apenas Sérgio Ramos da equipa que venceu o Uruguai. No entanto, mesmo contra os suplentes da 'Roja', os taitianos aguentaram apenas cinco minutos até sofrerem o primeiro tento, apontado por Fernando Torres. A partir daí foi um vendaval ofensivo dos espanhóis, contra o qual o conjunto amador da Oceania nada pôde fazer. 'El Ñino' apontou mais três golos (e ainda teve tempo de falhar um pénalti), David Villa faturou um 'hat-trick', David Silva bisou, e Mata também fez o gosto ao pé. 

Veja os golos da 'Roja':

VÍDEO: Conheça a camisola do Benfica para 2013/14

O Benfica divulgou as primeiras imagens da nova camisola para a próxima temporada. Confira:


FC Porto pondera contratação de Danny


Segundo a imprensa russa, o FC Porto está interessado na aquisição do internacional português, Danny do Zenit. Com a saída de James Rodriguez, os dragões estão à procura de um substituto à altura.

Os requisitos que Danny possuí, tais como ser jogador experiente (29 anos), polivalente no meio campo (pode actuar no meio, nas faixas ou até como segundo ponta de lança) e conhecedor do campeonato português (já representou Marítimo e Sporting), levam a crer que é o perfil de jogador que o FC Porto pretende.

A relação de Danny com o seu actual treinador, Luciano Spaletti, não é a melhor, fruto de uma substituição no jogo frente ao Rostov. Deste modo, há especulação de uma eventual saída, do médio ofensivo português. 



Paulo Sousa apresentado no Maccabi Telavive



Paulo Sousa foi apresentado como novo treinador do Maccabi Telavive, tendo já orientado o primeiro treino no clube israelita. O técnico português de 42 anos mostrou-se orgulhoso por ter a oportunidade de treinar o campeão de Israel: «Não é fácil encontrar um clube onde partilhamos ideias, visão e personalidades. Foi uma das razões para decidir vir. O Maccabi é um clube importante, com muitos adeptos, entusiastas. É importante continuar a desenvolver e conseguir resultados. É uma honra estar aqui, neste país e neste clube, pronto para dar o meu melhor». Depois de ter comandado a seleção portuguesa de sub-16, Leicester, Swansea e Videoton, Paulo Sousa afirma que aceitou o convite do Maccabi devido ao seu projeto: «Para mim não há clubes grandes e pequenos, ligas melhores e piores. Acredito em projetos».

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Barcelona interessado em Mata


Há uma enorme especulação que Fernando Torres e Juan Mata vão deixar o Chelsea. Segundo a imprensa, desde que José Mourinho foi designado treinador do clube londrino, estes dois jogadores perderam espaço no plantel.

O Barcelona já manifestou interesse na aquisição do internacional espanhol Juan Mata. A oferta rondará os 35 milhões de euros, pelo passe do médio ofensivo.

Esta pode ser a eventual solução após a, mais que provável, saída de Thiago Alcântara para o futebol inglês. 



BOLA AO MEIO: Europeu Sub-21 - Final


 
Thiago Alcântara foi o homem do jogo com três golos


FINAL

Itália - Espanha, uma final para discutir o Campeão Europeu Sub-21. 

Itália: Bardi, Donati, Caldirola (C), Bianchetti, Regini, Verratti, Florenzi, Rossi, Insigne, Immobile e Borini.

Espanha: De Gea, Montoya, Bartra, Iñigo, Moreno, Illarramendi, Koke, Thiago (C), Tello, Isco e Morata. 

A Espanha inaugurou o marcador aos 6 minutos por Thiago. Morata descaiu sobre a faixa esquerda e cruzou para a cabeça de Thiago que apareceu no espaço sem marcação. A Itália reagiu rapidamente e depois de um passe mais longo, Immobile fez o golo do empate aos 10 minutos.
As constantes trocas de bola e movimentações dos jogadores espanhóis causaram muitos desequilíbrios à defensiva italiana. A meio da 1ª parte o técnico espanhol, Julen Lopetegui, decidiu trocar de posição Isco e Tello. O médio do Málaga passou para o lado direito e o extremo do Barcelona para a esquerda. 
Koke trocou as voltas a Itália e quando todos pensavam que o médio espanhol ia procurar uma solução mais curta, o jogador do Atlético de Madrid descobriu Thiago e com um futebol pouco característico da Espanha jogou longo para o médio do Barcelona que fez o 2-1 aos 31 minutos.
Por intermédio de Tello a Espanha conseguiu chegar ao 3-1 aos 38 minutos. Uma investida pelo corredor esquerdo fez com que Tello fosse derrubado dentro da grande área. Thiago converteu a grande penalidade e levou a Espanha para o intervalo com uma vantagem de dois golos.

No 2º tempo a Itália arriscou mais mas não conseguiu reduzir a desvantagem. Foi mesmo a Espanha que chegou ao golo através de Isco. Montoya incorporou o ataque e sofreu falta dentro da grande área italiana. Isco foi chamado para converter a grande penalidade, numa altura em que o técnico italiano, Devis Mangia, já tinha tentado alterar o rumo dos acontecimentos com a entrada de Saponara e Gabbiadini para os lugares de Florenzi e Immobile.
A Espanha fez entrar Munian por Tello, troca por troca. Crimi saltou do banco italiano para o lugar de Verratti. O jovem italiano tentou mexer no jogo com os italianos a sentirem o seu orgulho ferido pelo resultado pesado. Borini conseguiu reduzir a desvantagem para 4-2 aos 80 minutos com um remate bem colocado fora da área.
Na sequência do golo italiano, Rodrigo substituiu Morata, melhor marcador da prova com 4 golos. O avançado do Benfica a entrar nos últimos 10 minutos da partida. Camacho foi chamado a entrar aos 86 minutos para o lugar de Koke.

Para a história fica a conquista espanhola que já havia vencido o Europeu Sub-21 em 2011. A Espanha nos últimos anos tem dominado o futebol em todas as gerações, fruto do excelente trabalho que tem vindo a ser implementado pela Federação Espanhola. Em todos os escalões as selecções apresentam-se com a mesma identidade e os mesmos princípios tácticos o que facilita a integração dos jovens quando são chamados aos escalões superiores. Um modelo que devia servir de exemplo para outras federações.

A Itália apresentou-se diferente daquela que conhecemos dos dias de hoje. Manteve a sua solidez defensiva mas apresentou-se irreverente do ponto de vista ofensivo com jogadores como Insigne, Immobile e Gabbiadini a serem os grandes destaques para além do médio Verratti. O cinismo italiano continua presente mas não foi suficiente para derrubar a poderosa Espanha.

A Holanda também se apresentou a um grande nível, nomeadamente a nível ofensivo com jogadores de grande qualidade mas em termos defensivos continua com as mesmas fragilidades dos últimos anos.

A grande surpresa da prova foi a Noruega. Uma selecção muito equilibrada em todos os sectores sem grandes valores individuais mas a fazer-se valer pelo seu colectivo. Muita atenção a esta geração da Noruega.

A grande desilusão foi Inglaterra que apesar de ter inúmeros talentos a nível individual não conseguiu transparecer essa qualidade individual para dentro de campo. 3 jogos, 3 derrotas. Com esta prestação o técnico Stuart Pearce deixou o cargo de seleccionador sub-21.






terça-feira, 18 de junho de 2013

Hector Herrera quase 'dragão'


O internacional mexicano Hector Herrera está a horas de vestir a camisola do Porto. O presidente do Pachuca, Jesús Martínez, revelou hoje à Rádio Renascença que a transferência está na iminência de se concretizar: «Estamos já a acertar os últimos detalhes do contrato do jogador. Amanhã posso dar mais informações». O médio de 23 anos custará cerca de 10 milhões de euros aos cofres dos campeões nacionais. 

Espanha sagra-se bicampeã europeia de sub-21


A Espanha bateu a Itália por 4-2 e conquistou pela segunda vez consecutiva o campeonato europeu de sub-21. Thiago Alcântara foi a grande figura da final, ao apontar um 'hat-trick'. Isco, eleito o melhor jogador do torneio, apontou o último tento da 'rojita', enquanto que Immobile e Borini fizeram os golos dos italianos. 

Confira os golos da final:



OPINIÃO: O fabuloso destino...



Um dos grandes problemas do futebol actual é a facilidade com que se movimentam astronómicas quantias de dinheiro e com que se seduzem jovens que no nada podem passar a ter tudo. O futebol vai deixando de ser um desporto de verdadeira paixão (apenas o é para adeptos) e vai-se transformando cada vez mais num negócio de milhões e comissões onde reinam os agentes, os empresários, os intermediários e os investidores. Muitos talentos se perdem precocemente por decisões erradas e passos mal dados na gestão da sua carreira. Numa fase em que é fundamental crescer como jogador e como homem, são muitos os jovens que, na maioria das vezes pressionados por quem devia gerir as suas carreiras, se deixam deslumbrar pelo reluzir dos milhões e perdem a oportunidade de se tornarem atletas melhores. Por vezes (é quase sempre assim) dar um passo maior do que a perna não significa andar para a frente e no caso do futebol pode significar mesmo o fim de uma possível carreira de sucesso desportivo.


O caso Atsu

Depois de uma época que prometeu muito mas que, verdade seja dita, acabou por deixar algo a desejar, eis que o miúdo ganês formado pelo FC Porto, dando mostras de pouca gratidão e até mesmo pouca consciência desportiva (talvez esteja a ser mal acompanhado) afirma publicamente o desejo de sair para Inglaterra e não renovar o contrato profissional com a equipa que lhe abriu as portas do futebol europeu e que fez dele jogador e homem. 

É certo que todos os profissionais (seja em que área for) têm direito a ter ambição e a chegar mais longe. Atsu não é diferente dos outros e tem, por isso mesmo, esse direito de querer mais e melhor na sua carreira desportiva e na sua condição financeira, mas às vezes aquilo que pode parecer um passo em frente não o é (exemplos disso não faltam) e aquilo que pode parecer uma aposta acertada num futuro risonho e promissor, não passa de um definitivo passo para uma carreira de pouca (por vezes nenhuma) notoriedade. O jovem ganês não é (era só o que faltava) obrigado a renovar contrato com o FC Porto e muito menos a jurar fidelidade ao clube. O que Atsu é obrigado a fazer (ou devia se o carácter permitisse) era ser grato a quem lhe deu a mão, ter uma atitude de acordo com esse sentimento e pensar um pouco no que poderá ser melhor para o seu futuro desportivo. Na verdade, o que aconteceu foi precisamente o contrário!

Infelizmente (porque é um jovem com talento) a questão da renovação de Atsu tem ainda um outro lado que é o do seu próprio futuro enquanto profissional. Se por um lado não se notam grandes movimentações (não quer dizer que não existam) para levar o jovem futebolista para o destino desejado (grandes clubes ingleses), por outro o seu futuro no Dragão foi completamente hipotecado depois das últimas declarações proferidas. Tudo isto significa que Atsu pode não ter a saída que tanto ambiciona e com que se deixou deslumbrar e, ao invés de crescer e melhorar num clube que já provou ter capacidade para o fazer e num campeonato onde poderia jogar e aprender, poderá ver-se na eminência de seguir os passos errados e ser "obrigado" a enveredar por uma carreira menor. É normal que miúdos de 19 ou 20 anos se deixem deslumbrar por mundos e fundos que lhes são prometidos e, por isso mesmo, seria bom que existisse alguém para os aconselhar a dar passos certos e seguros na carreira mas a verdade é que, na maioria dos casos, os empresários existem para olhar pelo seu próprio umbigo e para, também eles, se deixarem deslumbrar com os mundos e fundos que uma transferência lhes pode valer.

Veremos no futuro se Atsu deu um passo em frente na sua carreira ou se, pelo contrário, lhe deu um enorme pontapé.


Carlos Queiroz qualifica Irão para o Mundial do Brasil 2014


Hoje, o Irão treinado pelo português, Carlos Queiroz, assegurou a sua presença no Mundial do Brasil em 2014, batendo a Coreia do Sul por 1-0. 

O Irão era o 2º classificado a um ponto do líder, Coreia do Sul. O seleccionador adversário já tinha dito, em jeito de provocação, que Carlos Queiroz iria assistir o Mundial pela... televisão. 

A Coreia do Sul, a jogar em casa, não conseguiu dar a volta ao resultado obtido aos 60 minutos. Reza foi o autor do único golo que garantiu a vitória e, a respectiva qualificação. 

Apesar da derrota, os sul coreanos também garantiram a presença no Mundial.



Manchester City e Manchester United disputam Thiago Alcântara


Thiago Alcântara, médio centro espanhol, que vai disputar hoje a final do europeu de sub-21, já manifestou a sua vontade de sair do Barcelona. Com a concorrência de Xavi, Iniesta, Fabregas, Busquets no meio campo do Barça, Thiago tem sido pouco utilizado.

Aproveitando-se desse facto, os rivais Manchester United e City, já demonstraram interesse no jogador. O valor da aquisição, do internacional sub-21 espanhol, rondará os 18 milhões de euros, que correspondem à sua cláusula de rescisão.



BOLA AO MEIO: Europeu Sub-21 - Meias-finais

 
Rodrigo abriu o marcador diante da Noruega


MEIAS-FINAIS

A Espanha defrontou a Noruega e demonstrou o porquê de ser considerada favorita à conquista do Europeu Sub-21. Uma vitória expressiva por 3-0 com a Espanha a dominar todos os momentos do jogo e a conseguir chegar à final sem ter sofrido qualquer golo.
Rodrigo abriu o marcador nos minutos finais do 1º tempo. A 2ª parte foi mais do mesmo com Espanha a dominar o encontro e a Noruega a tentar sair em transições mas sem sucesso. Os outros dois golos só chegaram nos instantes finais da partida com o jogo já partido. Isco fez o 2-0 aos 87 minutos após uma excelente iniciativa individual. Morata fechou as contas aos 93 minutos numa execução muito complicada já que o atacante do Real Madrid não tinha ângulo para fazer o golo. Com este golo Morata aumentou para 4 o seu registo pessoal e é neste momento o melhor marcador do torneio.





Na outra meia-final assistimos a um jogo muito bem disputado. De um lado uma Itália capaz de defender mas ao mesmo tempo irreverente do ponto de vista ofensivo e do outro uma Holanda velocista e imprevisível a nível atacante mas com algumas fragilidades a nível defensivo.
O jogo teve ocasiões de parte a parte mas foi mesmo a irreverência italiana que falou mais alto com Insigne e Borini a construirem a jogada do único golo da partida aos 78 minutos. Borini foi o autor do golo que colocou a Itália na final do Europeu Sub-21 contra a Espanha.








A final será hoje, dia 18, às 17:00 entre Itália - Espanha. A Itália irá tentar contrariar o favoritismo da Espanha mas também tem recursos ofensivos para colocar a defensiva espanhola em sentido. De Gea ainda não sofreu qualquer golo mas a Itália já leva 7 golos marcados e do ponto de vista defensivo também se tem mostrado muito segura com apenas 1 golo concedido.


segunda-feira, 17 de junho de 2013

Benfica reforça-se no Estoril

O Benfica anunciou a contratação de Steven Vitória, defesa central que pertencia ao Estoril, tendo o jogador de 26 anos assinado um contrato válido para as próximas quatro temporadas.
O central de 1,95 metros chega a custo zero (estava em final de contrato com os 'canarinhos', sendo que na última temporada apontou 11 golos na liga portuguesa. Em declarações ao canal oficial do clube 'encarnado, Steven Vitória afirmou que este era o dia «mais importante e feliz da minha vida».
O luso-canadiano, recorde-se, completou a formação no FC Porto, tendo depois passado por clubes como Tourizense, o Olhanense e o Sp. Covilhã, antes de ingressar no Estoril, onde estava desde 2010/2011.   

VÍDEO: Golaço do 'maestro' Pirlo!

No dia da sua 100ª internacionalização pela 'Azurra', Andrea Pirlo decidiu deixar o dia bem vincado. Além de completar a mesma num jogo da Taça das Confederações, em pleno estádio do Maracanã, «um sonho de qualquer criança», como o próprio afirmou, o médio de 34 anos inaugurou o marcador da partida frente ao México aos 26 minutos (a Itália venceu por 2-1), através da cobrança de um livre direto absolutamente irrepreensível.

Para ver e rever:


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Joãozinho assina pelo Braga


Depois de meia época no Sporting, cedido pelo Beira-Mar, Joãozinho ruma a norte do país para representar o Braga. O lateral-esquerdo de 23 anos assinou por cinco temporadas, por uma verba a rondar os 500 mil euros. Em declarações ao site dos 'arsenalistas', o jogador português afirma que deu um passo em frente na sua carreira: «Para mim é um grande orgulho representar um clube com a história do SC Braga. Não tenho a mínima dúvida que se trata de um passo em frente na minha carreira e prometo que tudo farei para honrar esta camisola».

BOLA AO MEIO: Europeu Sub-21 - 3ª jornada


Noruega, a grande surpresa da prova


GRUPO A

A Itália já tinha o seu lugar garantido nas meias-finais, faltava saber se terminava em 1º ou 2º lugar no grupo enquanto que a Noruega e a Israel ainda lutavam por um lugar entre as quatro melhores selecções da Europa.

Israel fez a sua parte e venceu a Inglaterra por 1-0 com golo de Ofir Kriaf aos 80 minutos o que ainda causou alguns momentos de esperança aos israelitas. Neste jogo, ambas as selecções decidiram rodar e dar oportunidade a quem ainda não se tinha estreado nesta competição. Inglaterra foi uma decepção para a qualidade individual que os seus jogadores apresentam. Apesar da campanha pouco honrosa de Inglaterra em que ficou em último lugar do grupo com 0 pontos, 1 golo marcado e 5 sofridos, ainda não é certo que Stuart Pearce deixe o comando técnico dos Sub-21 ingleses.

No outro jogo era onde estava a emoção. Frente a frente as duas melhores selecções do Grupo A. Também neste encontro ambas as selecções optaram por fazer alinhar outros jogadores que ainda não tinham sido opções. A Itália foi melhor e conseguiu criar inúmeras situações de perigo para a baliza norueguesa, contudo a eficácia não foi a melhor e foi mesmo a Noruega que chegou à vantagem pelo seu capitão e central, Strandberg, aos 90 minutos através de uma grande penalidade. Bertolacci ainda empatou aos 94 minutos com uma grande ajuda do guarda-redes Arild Ostbo.

Com este empate a Itália qualificou-se em 1º lugar com 7 pontos e a Noruega em 2º com 5 pontos. A selecção anfitriã, Israel, terminou em 3º lugar com 4 pontos.









GRUPO B

Pouco havia a decidir no Grupo B, a não ser o 1º e o 2º lugar com Espanha e Holanda a disputarem o 1º lugar na fase de grupos.

Num jogo para cumprir calendário a Rússia defrontou a Alemanha e até começou melhor com Dzagoev a fazer o 1-0 aos 22 minutos. Herrmann empatou aos 34 minutos com os russos a ficarem reduzidos a 10 unidades passados 5 minutos. Rudy entrou ao intervalo e aos 69 minutos apontou o golo da vitória de grande penalidade.

No jogo da jornada entre Espanha e Holanda quem levou a melhor foram mesmo os espanhóis que impuseram uma derrota por 3-0 aos holandeses. As duas selecções decidiram alterar um bocado a equipa base mas a Espanha demonstrou que as suas segundas linhas são superiores às da Holanda. Morata rendeu Rodrigo e aos 26 minutos apontou o 1-0. A Holanda podia ter empatado se não fosse a intervenção de De Gea. Passado pouco tempo, Isco ampliou a vantagem para 2-0 e a vitória já não fugia à Espanha. Na segunda parte os holandeses entraram mais fortes e determinados em reduzir a vantagem mas a Espanha mostrou-se sempre segura a defender e não permitiu qualquer oportunidade. Aos 91 minutos ainda houve tempo para Vázquez fazer o 3-0.

A Espanha terminou em 1º lugar com 9 pontos, 5 golos marcados e 0 sofridos. A Holanda foi 2ª classificada com 6 pontos, a Alemanha 3º com 3 pontos e a Rússia em 4º com 0 pontos.








As meias-finais irão decorrer no sábado com a Espanha a defrontar a Noruega às 16:30 e a Itália a disputar com a Holanda um lugar na final às 19:30.

 


PSG oferece 100 milhões por Gareth Bale

O Paris Saint Germain está na disposição de oferecer 100 milhões de euros ao Tottenham para assegurar a contratação de Gareth Bale. O clube parisiense coloca-se assim na linha da frente para contratar o jogador galês, superando a suposta oferta de 90 milhões avançada pelo Real Madrid, um dos clubes mais interessados no médio de 23 anos.
Contudo, de acordo com a imprensa inglesa, o proprietário do clube gaulês, Nasser Al-Khelaifi, vê nesta aquisição, além de um reforço importante para a sua equipa, uma forma também de responder às recentes contratações tão sonantes quanto milionárias por parte do Mónaco, que já investiu mais de 200 milhões de euros em jogadores para a próxima época.
Refira-se ainda que, a confirmar-se os valores deste negócio, Gareth Bale torna-se no jogador mais caro da história do futebol, superando os 94 milhões de euros que os 'merengues' gastaram na contratação de Cristiano Ronaldo em 2009, ao Manchester United.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Baldé apresentado no Celtic


Amido Baldé foi hoje apresentado como novo reforço do Celtic. O avançado português de 22 anos assinou por quatro épocas, tendo os escoceses pago cerca de 2 milhões de euros ao Vitória de Guimarães. Em entrevista à Celtic TV, Baldé afirmou estar muito orgulhoso pelo novo desafio: «Estou muito feliz por assinar pelo Celtic. Estou orgulhoso por representar o clube e quero fazer tudo para aproveitar esta oportunidade. Apaixonei-me pelo clube há três anos e passei a assistir a todos os jogos pela televisão. Vi o encontro com o Barcelona da última época e adorei a atitude do público. Não consigo descrever por palavras aquilo que sinto por jogar no Celtic».

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Djuricic confirmado no Benfica


Depois de Markovic e Sulejmani, o Benfica oficializou a contratação de Filip Djuricic, também ele internacional sérvio. O médio/avançado de 21 anos assinou contrato válido para as próximas cinco temporadas, tendo os 'encarnados' pago cerca de seis milhões de euros ao Heerenveen. Em declarações à BenficaTV, o jogador afirmou que espera fazer história na Luz: «Não tive quaisquer dúvidas na decisão de vir para o Benfica. Já tinha ouvido falar que o Benfica pratica um futebol ofensivo, em que o número 10 é importante. Jogadores como Pablo Aimar e Rui Costa tiveram esse papel. Sei que este é um clube com grande tradição e grande historial, e espero poder fazer história. Estou muito orgulhoso de ter vindo para o Benfica».

terça-feira, 11 de junho de 2013

Benfica oficializa Markovic e Sulejmani


O Benfica anunciou a contratação dos sérvios Lazar Markovic e Miralem Sulejmani, ambos por cinco temporadas. Markovic, avançado polivalente de 19 anos, chega à Luz proveniente do Partizan de Belgrado, por uma verba a rondar os 10 milhões de euros. Sulejmani, extremo de 24 anos, assinou pelos 'encarnados' a custo zero, depois de ter representado o Ajax nas últimas cinco épocas. 


Costinha sucede a Paulo Fonseca no Paços


Costinha é o eleito para suceder a Paulo Fonseca no comando do Paços-de-Ferreira. O ex-treinador do Beira-Mar vai ser apresentado amanhã, pelas 12 horas. Depois de não ter conseguido evitar a despromoção dos aveirenses, o técnico de 38 anos vai liderar os 'castores' no playoff de acesso à Liga dos Campeões. 

BOLA AO MEIO: Europeu Sub-21 - 2ª jornada

Morata a festejar o golo da vitória frente à Alemanha


GRUPO A

Na 2ª jornada do Grupo A assistimos a algumas surpresas como foi o caso eliminação da Inglaterra que caiu aos pés da Noruega com uma derrota por 3-1. Os noruegueses começaram melhor e logo aos 15 minutos fizeram o 1-0 por Berge na sequência de um pontapé de canto. Aos 34, Berget ampliou a vantagem com o resultado a ser 2-0 ao intervalo. Na 2ª parte a Inglaterra entrou melhor mas foi mesmo a Noruega que ampliou a vantagem com Eikrem a fazer o 3-0 à passagem do minuto 52. A Inglaterra ainda reduziu por Dawson na marcação de uma grande penalidade. A Noruega mostrou ter uma selecção de grande qualidade enquanto que a Inglaterra que era uma das favoritas à passagem das meias-finais foi eliminada por ter apenas jogadores de grande qualidade. Stuart Pearce não conseguiu montar uma equipa na sua verdadeira acepção da palavra embora os ingleses tenham tido mais posse de bola do que a Noruega mas os nórdicos conseguiram sair melhor em transições rápidas e foram mais eficazes.

No outro jogo do grupo, a Itália confirmou todas as expectativas que foram criadas após o jogo frente a Inglaterra. Os italianos defrontaram a anfitriã deste torneio, Israel, e aplicaram uma goleada por 4-0. Logo aos 18 minutos, Saponara abriu o marcador e ainda antes do intervalo, Gabbiadini fez o 2-0. Insigne, uma das referências italianas, saiu de maca aos 40 minutos depois de uma entrada violenta de Golasa que foi expulso o que dificultou ainda mais as contas para a Israel. Na 2ª parte houve mais do mesmo com a Itália a dominar o encontro e a chegar ao 3-0 aos 53 minutos por Gabbiadini que fez o seu 2º golo na partida. Florenzi fez o 4-0 na passagem do minuto 71, fechando assim o resultado final. 

Inglaterra foi eliminada nesta 2ª jornada com Israel a ter uma tarefa muito complicada já que basta um empate à Noruega para se qualificar. Itália e a Noruega disputam hoje o 1º lugar do grupo no último jogo da fase de grupos.










GRUPO B

A 2ª jornada no grupo mais equilibrado do Europeu também já trouxe algumas definições com a Rússia e a Alemanha a serem eliminadas. A Holanda mostrou o porquê de ser uma das favoritas à conquista deste Europeu ao aplicar uma goleada por 5-1 à Rússia. Wijnaldum abriu o marcador aos 39 minutos após uma excelente iniciativa individual, um pouco semelhante ao golo que marcou frente à Alemanha. Na 2ª parte Chicherin foi expulso e a Holanda aproveitou da melhor maneira para começar a definir a sua goleada. Luuk de Jong fez o 2-0 aos 61 minutos. A Rússia ainda reduziu por Cheryshev mas logo de seguida o benfiquista, Ola John fez o 3-1. Hoesen entrou para fazer o 4-1 e Leroy Fer marcou mais um golo em período de descontos, fechando o resultado em 5-1.

No outro jogo, a Espanha teve algumas dificuldades para ultrapassar a Alemanha que precisava urgentemente dos 3 pontos se quisesse manter vivo o sonho da conquista do Europeu. Tratou-se de um jogo equilibrado com algum pendor para a Espanha devido aos seus valores individuais. A Alemanha conseguiu aguentar a pressão espanhola durante muito tempo e conseguiu libertar-se bem em contra-ataques que ainda resultaram em algumas jogadas de perigo. Contudo, os espanhóis demonstravam tranquilidade e acreditavam que a vitória iria aparecer mais tarde ou mais cedo e foi o que aconteceu com Morata a ser mais uma vez o herói espanhol. O ponta-de-lança do Real Madrid entrou aos 73 minutos para substituir Rodrigo e aos 86 minutos apontou o único golo da partida numa jogada individual e com o guarda-redes alemão, Leno, a ter algumas culpas na forma como consentiu o golo. A Espanha demonstrou mais uma vez que tem muita qualidade mas falta algum discernimento na hora de definir as jogadas nomeadamente no último terço. Esta falta de capacidade de decidir, aliado à falta de velocidade e imprevisibilidade fez com que a Alemanha conseguisse segurar o empate durante largos minutos. Morata deslocou-se da posição central para ir à faixa esquerda trabalhar o golo e esse movimento desequilibrou a defensiva alemã que estava a fazer um trabalho irrepreensível. 

Com estes resultados a Espanha e Holanda irão discutir o 1º lugar do grupo com a Rússia e a Alemanha a serem eliminadas.





 



Para a segunda jornada no Grupo A teremos um jogo hoje entre Israel - Inglaterra às 17:00 e Noruega - Itália também às 17:00. No Grupo B, haverá amanhã às 17:00, Holanda - Rússia e Alemanha - Espanha às 18:30.




VÍDEO: Zidane e Figo ainda espalham magia!

Há jogadores por quem o tempo parece teimar em passar. Um deles, indiscutivelmente, é Zinedine Zidade. Pese embora o antigo médio gaulês já se tenha retirado do futebol 'a sério' há vários anos, a verdade é que 'Zizou' mostra que a arte que evidenciou ao longo de vários anos permanece intacta. Desta feita, num jogo de solidariedade que reuniu lendas do Real Madrid e da Juventus, Zidane teve um pormenor absolutamente delicioso, que permitiu 'matar' um pouco as saudades de o ver em ação nos jogos oficiais... 

Para ver e rever:

Mas o francês não foi o único a brilhar! Figo também marcou um golaço (assistência de Zidane) e houve muitos outros pormenores deliciosos a reter, naquele que foi o terceiro jogo entre antigas glórias de grandes emblemas.

Ora vejam e comprovem:


segunda-feira, 10 de junho de 2013

OPINIÃO: Passagem de testemunho


A saída de Vítor Pereira do comando técnico do FC Porto já era expectável desde Dezembro passado (ou se calhar antes). A verdade é que, apesar das conquistas, o futebol de posse que o treinador implementou no clube e lhe valeu dois títulos nacionais e apenas uma derrota em dois anos, nunca chegou para convencer os exigentes adeptos portistas que, em boa verdade, tão depressa se sentiam empolgados com as maravilhosas exibições de um FC Porto vs Málaga CF como de repente passavam meses de cabeça apoiada nas mãos, aborrecidos na bancada a assistir a uma posse de bola (com valores a rondar os 80%) que se traduzia em passes para o lado e para trás. Mesmo conseguindo ser campeão, houve dois pontos em que Vítor Pereira falhou sempre e a partir dos quais foi assinando o seu adeus ao clube: a gestão da equipa e a comunicação. A forma como o treinador geriu a equipa antes e durante os jogos nunca foi, na minha opinião, a mais correcta e isso custou ao FC Porto prestações fracas e saídas precoces em competições como a UEFA Champions League e a Taça de Portugal (ainda hoje os adeptos não perdoam a "queda" aos pés de Málaga CF e SC Braga, respectivamente). Também a comunicação do espinhense deixou muito a desejar e o seu discurso, principalmente nos momentos mais difíceis, passou, muitas vezes, por sacudir as culpas para terceiros, defendendo até ao limite os seus próprios erros sem nunca ter a capacidade para os assimilar e corrigir. Apesar de, contra todas as expectativas, ter chegado ao título nacional, nunca tive dúvidas de que Vítor Pereira não seria o treinador do FC Porto 2013/2014 e, facto curioso, no último jogo da época, aquando do abraço entre o treinador vencedor e Paulo Fonseca dei por mim a pensar na frase: "Passagem de testemunho". Quem diria?

Com a contratação de Paulo Fonseca, o FC Porto ganha, ou pelo menos pretende, juventude, irreverência e sangue novo. O antigo treinador do FC Paços de Ferreira é um homem de ideias novas, conceitos mais frescos e um amante do futebol espectáculo que empolga os adeptos mas atinge resultados (foi assim que pautou a sua passagem pela primeira liga). A equipa da capital do móvel encarou todos os oponentes olhos nos olhos independentemente do seu estatuto e valia, sem medos, sem se submeter ao poder de adversários teoricamente mais fortes (nunca usou o vulgar autocarro), com um futebol de grande qualidade e acima de tudo com objectivos cumpridos. O seu FC Paços de Ferreira apenas perdeu com os "monstros" FC Porto e SL Benfica, conseguindo uma histórica qualificação para a pré-eliminatória da UEFA Champions League. O jovem treinador foi capaz de colocar uma das equipas de orçamento mais baixo da liga (mas também uma das estruturas mais organizadas e competentes) no terceiro lugar do campeonato atrás dos crónicos candidatos ao título e à frente de equipas poderosas como SC Braga e Sporting CP. Mas o trabalho de Paulo Fonseca não se fica apenas pelos resultados desportivos e a forma como se dedica ao treino e aos seus jogadores é já uma imagem de marca e um factor de aproximação entre treinador e atletas. A recuperação de talentos "quase" perdidos foi um dos seus grandes méritos durante a temporada, com o caso de Josué a tornar-se no mais mediático. O miúdo formado no FC Porto, conhecido como jovem rebelde e indisciplinado, tornou-se de repente um jogador de equipa, capaz de aliar as suas enormes capacidades técnicas a uma postura digna de profissional. Foi uma mudança radical num dos maiores talentos do futebol português, que agora acompanhará o treinador a caminho do Dragão. 

Paulo Fonseca foi sem dúvida a grande revelação da época. Mas será que isso chega para triunfar no FC Porto? Só o tempo dirá. 

Esta é mais uma aposta de risco de Jorge Nuno Pinto da Costa, num treinador jovem, de grande qualidade, com novas ideias, novas formas de pensar o jogo, ambicioso e de discurso inteligente. Paulo Fonseca tem tudo para vencer no FC Porto mas ao mesmo tempo tem tudo para perder. O seu futuro vai depender de si próprio, da sua adaptação a uma realidade muito distinta, da sua adaptação a uma nova casa com obrigações e objectivos muito bem definidos, da sua capacidade para lidar com o enorme ego de jogadores de classe mundial e com a pressão e exigência dos adeptos. Treinar o FC Porto não é, nem de perto nem de longe, a mesma coisa que treinar o FC Paços de Ferreira e Paulo Fonseca, como homem inteligente que é, deve ser o primeiro a perceber isso. Esse será, sem dúvida alguma, o primeiro passo para atingir o sucesso. 

domingo, 9 de junho de 2013

BOLA AO MEIO: Torneio de Toulon (10º dia e Final)


Brasil vencedor do torneio

10º dia

No dia antes da derradeira final e do jogo de consolação para o 3º e 4º lugar, o grupo B esteve ao rubro. Portugal defrontou a Nigéria e venceu por 2-1 com o técnico Edgar Borges a fazer algumas mexidas. A vitória era o único resultado possível se a equipa portuguesa queria ainda, disputar o 3º e 4º lugar do torneio mas não dependíamos só de nós, pouco depois houve o jogo Bélgica - México. Para Portugal marcou Ricardo Alves de grande penalidade e Ricardo enquanto que para a Nigéria, Ejike foi o autor do golo. Com esta vitória Portugal estava à espera que a Bélgica dificultasse a vida ao México para conseguir marcar presença na decisão do 3º lugar contra França e assim foi. O México inaugurou o marcador por Zamorano aos 31 minutos mas a Bélgica chegou mesmo ao empate já depois dos 80 minutos com Bakkali numa altura em que os belgas jogavam com 9. Um jogo extremamente equilibrado e com o golo nos instantes finais, Portugal garantiu o 2º lugar no grupo e um último jogo com França.





FRANÇA - PORTUGAL

A França conquistou o bronze depois de vencer Portugal por 2-1. Sagnol, treinador francês, montou bem a equipa e foi melhor a equipa das quinas.
Portugal entrou com algumas alterações forçadas face aos castigos de João Mário, Betinho e Dabó. A França começou melhor e aos 11 minutos Matida converteu uma grande penalidade que foi cometida por Frederico Venâncio. Estas faltas de concentração no início dos jogos foram uma constante por parte da selecção portuguesa no Torneio de Toulon, é certamente um aspecto a melhorar no Mundial Sub-20 que começa já no próximo dia 21.
Depois de ter sofrido o golo, os pupilos de Edgar Borges acordaram para o jogo e viram por duas vezes a bola embater no ferro com Tozé a mandar a bola ao poste e Piqueti de cabeça a acertar na barra. Quando nada fazia prever a França ampliou a vantagem por intermédio de Vena que foi completamente esquecido pelos centrais portugueses e sozinho cabeceou para o golo. Ao intervalo o resultado era de 2-0 mas Portugal entrou determinado em mudar o rumo do jogo e logo nos primeiros minutos da 2ª parte, Aladje reduziu para 2-1, marcando o seu 3º golo no Torneio. O jovem avançado português foi uma das grandes revelações e mostrou que pode vir a ser muito útil no futuro à nossa selecção. Ivan Cavaleiro esteve perto de empatar a partida assim como logo a seguir Matiba podia ter feito o 3-1 com o remate a bater no poste e depois em José Sá. Portugal despediu-se assim de Toulon em 4º lugar, um torneio onde já fomos particularmente felizes como foi o caso de 1992, 2001 e 2003 onde conseguimos garantir o 1º lugar.


BRASIL - COLÔMBIA

O jogo da final colocou frente a frente duas das melhores selecções da actualidade quando falamos em Sub-20. A Colômbia venceu o Sul-Americano Sub-20 em Fevereiro deste ano e o Brasil é o campeão do Mundo Sub-20 em 2011. A selecção canarinha não vai poder defender o título depois de ter feito uma prestação irreconhecível no Sul-Americano ficando no último lugar do seu grupo. Apesar disto o Brasil entrou em Toulon determinado em vencer para provar o seu valor e assim foi.
A Colômbia chegou à final só com vitórias no seu grupo, já o Brasil em 4 jogos, ganhou 3 e empatou 1.
O Brasil entrou muito forte no jogo e fez o único golo da partida logo aos 3 minutos por Vinicius Araújo na sequência de um canto. O avançado brasileiro foi o melhor marcador do torneio juntamente com Aladje e Abella. Depois do golo foi a Colômbia que teve de correr atrás do prejuízo e chegou a criar algumas situações de perigo mas o Brasil esteve muito concentrado do ponto de vista defensivo e não permitia à Colômbia arriscar mais porque na frente tinha jogadores que podiam fazer a diferença em transições rápidas o que colocou em sentido a formação colombiana. O árbitro desta final foi o português Artur Soares Dias e fez uma excelente partida.

Para a história deste torneio ficam as revelações e as figuras de destaque como foi o caso de Aladje, Vinicius Araújo, Cuevas, Gero, Borja, Imbula, Manzala, Bakkali, Abella, entre outros.


 


sábado, 8 de junho de 2013

BOLA AO MEIO: Europeu Sub-21 - 1ª jornada

Fer a festejar o golo da vitória da Holanda aos 90 minutos.


GRUPO A

O jogo inaugural entre Israel - Noruega teve um empate por 2-2 com a Noruega a mostrar excelentes pormenores mas a não ser capaz de bater a equipa da casa. Os noruegueses entraram melhor mas foi Israel que chegou à vantagem com Biton a apontar o primeiro golo do Europeu através de uma grande penalidade. A Noruega voltou a controlar o jogo e chegou ao empate por Pedersen.
Numa altura em que a Noruega estava a dominar o jogo o seu defesa-esquerdo, Hedenstad, foi expulso e Israel chegou ao 2-1 na 2ª parte com a Noruega a jogar com menos um mas mesmo assim a ser a melhor equipa em campo. O golo do empate surgiu já depois dos 90 minutos por Singh. Muita atenção da Noruega que mostrou ter uma grande selecção, com jogadores cheios de qualidade.

No outro jogo do grupo a Itália venceu a Inglaterra por 1-0, com os ingleses a serem a grande decepção desta jornada. Itália dominou e controlou o jogo a seu belo prazer e sempre que Insigne e Immobile aceleravam a defesa inglesa tinha graves problemas. Verratti foi o homem do jogo com 120 passes, mais 76 do que qualquer jogadores inglês. Insigne fez o único golo da partida através de um livre directo na passagem do minuto 78.










GRUPO B

No grupo mais equilibrado da competição houve dois jogos distintos. Espanha - Rússia terminou com a vitória da armada espanhola por 1-0 com o golo a surgir por Morata que saltou do banco para dar os 3 pontos depois do benfiquista, Rodrigo, ter falhado algumas oportunidades. A Espanha dominou o encontro mas nunca conseguiu quebrar a defesa russa e não conseguir desequilibrar no último terço do campo.

Holanda - Alemanha foi o melhor jogo até ao momento com os holandeses a baterem os alemães por 3-2. Na primeira parte só deu Holanda com o meio-campo e o ataque holandês a desequilibrarem por completo o jogo fruto da velocidade dos homens mais ofensivos. Maher inaugurou o marcador após assistência de Ola John, depois foi a vez de Wijnaldum apontar o 2-0 com Leno, guarda-redes alemão a ficar mal na fotografia. A segunda parte foi completamente diferente com a Alemanha a entrar determinada em dar a volta à partida. Rudy marcou logo nos instantes iniciais da segunda parte de grande penalidade. Holtby, melhor jogador alemão, fez o golo do empate e quando tudo apontava para um empate Leroy Fer já depois dos 90 minutos consegue estabelecer o resultado final em 3-2 para a Holanda. A Holanda mostrou ser melhor selecção mas entrou na segunda parte a pensar que já tinha os 3 pontos na mão e depois teve que correr atrás do prejuízo.


 

 



Para a segunda jornada no Grupo A teremos um jogo hoje entre Inglaterra - Noruega às 17:00 e Itália - Israel às 19:30. No Grupo B, haverá amanhã às 17:00, Holanda - Rússia e Alemanha - Espanha às 18:30.



sexta-feira, 7 de junho de 2013

Portugal vence Rússia com golo de Postiga


Portugal bateu esta noite a Rússia por 1-0, assumindo provisoriamente o comando do grupo F. Hélder Postiga apontou o único golo do encontro, à passagem do 9º minuto, dando a melhor sequência a um livre de Miguel Veloso. A Seleção das Quinas foi superior durante quase toda a partida, com os russos a criarem perigo no contra-ataque. O jogo ganhou maior emotividade no último quarto de hora, com oportunidades claras de parte a parte. Nani e Cristiano Ronaldo dispuseram de duas grandes ocasiões, aos 79 e 88 minutos, respetivamente, enquanto que Shirokov, sem marcação no coração da área, atirou à figura de Rui Patrício. A três partidas do final da qualificação, Portugal lidera o grupo com dois pontos de vantagem sobre a Rússia (que tem menos dois jogos ) e três sobre Israel (menos um jogo). Deste modo, a seleção nacional está em boa posição para garantir, pelo menos, o acesso ao playoff, uma vez que vai disputar dois jogos em casa, um deles diante do adversário direto, Israel.

VÍDEO: O 'adeus' de Aimar

Pablo Aimar vai deixar de ser jogador do Benfica. O médio de 33 anos confirmou ontem o 'adeus' à equipa e em declarações ao canal dos 'encarnados' deixou elogios ao clube e aos adeptos.
«Lisboa vai deixar saudades, especialmente à minha família, de que gostam muito. Querem voltar para verem os amigos. Foi maravilhoso viver aqui, foram cinco anos maravilhosos», afirmou.
'El Mago', contratado em 2008 à Real Sociedad, referiu ainda que pretende continuar ligado ao futebol.
«Suponho que vou continuar a jogar, porque tenho vontade de jogar, sinto essa necessidade. Mais um tempo, mas não sei quanto. Depois, quero continuar perto do Futebol, foi o que fiz toda a vida, não acredito que o possa deixar de um dia para o outro», reforçou.
A esse propósito refira-se ainda que o presidente dos 'encarnados', Luís Filipe Vieira, além de agradecer os seus préstimos, elogiando-o como «um génio do futebol», lançou ainda a possibilidade de o médio continuar ligado ao clube, noutras funções. «Ele terminou a sua carreira de futebolista no Sport Lisboa e Benfica, mas pode ter início uma nova carreira no Clube. Só não sei dizer quanto tempo vai demorar, mas ficaremos felizes com o regresso dele», revelou em declarações à Benfica TV.

Recorde aqui alguns dos melhores momentos de 'El Mago':

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Jesualdo Ferreira apresentado no Braga

Jesualdo Ferreira está de regresso a Braga, sete anos depois de ter deixado o comando dos 'arsenalistas'. O treinador de 67 anos assinou contrato válido para as próximas três temporadas, e afirmou que voltou à Cidade dos Arcebispos por afeto e gratidão: «Vim para o Braga por uma questão de afeto e gratidão. Não me esqueço de que precisei do Braga para continuar a minha carreira, há 10 anos. Para mim, o sentimento de gratidão é um dos mais nobres. Quando o presidente me contactou, há uma semana, deixei-me levar pelos afectos e pelos sentimentos». Confrontado sobre as hipóteses do Braga conquistar o título, Jesualdo referiu que o clube já esteve muito perto do primeiro lugar, e que muito em breve poderá lá chegar: «Sei que vocês querem muito o título. Eu também. Mas há dez anos, o que se pedia era que o Braga fosse às competições europeias. E temos ido sempre. Se formos campeões daqui a dez anos, já será bom. Agora, se for já para o ano, é ainda melhor!». Fernando Couto e Jorge Vital, treinador adjunto e treinador de guarda-redes da equipa técnica de Peseiro, permanecem na nova estrutura, que contará com Nuno Almeida e Rui Almeida, adjuntos de Jesualdo no Sporting. 

Os números de Jorge Jesus e os números dos últimos treinadores do Benfica

O Benfica confirmou a renovação de Jorge Jesus, uma decisão que aparenta não recolher consenso depois do técnico ter deixado escapar no final da época o campeonato, a Liga Europa e a Taça de Portugal. Mas comparando com os anteriores treinadores dos encarnados, Jesus tem ou não um papel especial na história do Benfica? Os números dizem que o antigo técnico do Braga se destaca na percentagem de vitórias conseguidas, nos pontos possíveis alcançados e na média de golos por jogo. Já na defesa, as equipas de Camacho conseguiram melhor registo. Confira os números:

Jorge Jesus
Percentagem de vitórias no campeonato: 74%
Pontos possíveis conquistados (em %): 79%
Média de golos por jogo no campeonato: 2,35
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 0,8
Títulos: Um campeonato, Três Taças da Liga

Quique Flores
Percentagem de vitórias no campeonato: 57%
Pontos possíveis conquistados (em %): 66%
Média de golos por jogo no campeonato: 1,8
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 1,1
Títulos: Uma Taça da Liga

Camacho 
Percentagem de vitórias no campeonato: 62%
Pontos possíveis conquistados (em %): 71%
Média de golos por jogo no campeonato: 1,9
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 0,7
Títulos: Uma Taça de Portugal
Números incluem as duas passagens pela Luz

Fernando Santos
Percentagem de vitórias no campeonato: 65%
Pontos possíveis conquistados (em %): 73%
Média de golos por jogo no campeonato: 2
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 0,7
Títulos: Nada

Ronald Koeman
Percentagem de vitórias no campeonato: 59%
Pontos possíveis conquistados (em %): 66%
Média de golos por jogo no campeonato: 1,5
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 0,9
Títulos: Uma Supertaça Portuguesa

Giovanni Trapattoni
Percentagem de vitórias no campeonato: 56%
Pontos possíveis conquistados (em %): 64%
Média de golos por jogo no campeonato: 1,5
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 0,9
Títulos: Um campeonato

Jesualdo Ferreira
Percentagem de vitórias no campeonato: 55%
Pontos possíveis conquistados (em %): 63%
Média de golos por jogo no campeonato: 2,2
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 1,1
Títulos: Um campeonato

Toni
Percentagem de vitórias no campeonato: 59%
Pontos possíveis conquistados (em %): 69%
Média de golos por jogo no campeonato: 1,8
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 0,7
Títulos: Dois campeonatos e uma Taça de Portugal
Inclui as três passagens de Toni pelo comando técnico

José Mourinho
Percentagem de vitórias no campeonato: 56%
Pontos possíveis conquistados (em %): 63%
Média de golos por jogo no campeonato: 1,6
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 0,8
Títulos: Nada

Jupp Heynckes
Percentagem de vitórias no campeonato: 61%
Pontos possíveis conquistados (em %): 67%
Média de golos por jogo no campeonato: 1,7
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 1
Títulos: Nada

Graeme Souness
Percentagem de vitórias no campeonato: 61%
Pontos possíveis conquistados (em %): 68%
Média de golos por jogo no campeonato: 2
Média de golos sofridos por jogo no campeonato: 0,8
Títulos: Nada